Ana Castela, DJ Chris no Beat e o agronejo

View descriptionShare

Expresso Ilustrada

No fim das tardes de quinta-feira, sempre às 16h, você vai escutar um programa com as principais histórias e notícias do mundo das artes. O Expresso I 
185 clip(s)
Loading playlist

Vinte anos depois de "Clima de Rodeio", da Dallas Company, explodir no Brasil, a canção voltou a tocar por aí, mas numa pegada bem diferente da que tinha no começo dos anos 2000. Nas mãos de DJ Chris no Beat e de Ana Castela, a faixa surge agora no som do chamado agronejo.

O estilo, também conhecido como sertanejo agro, vem crescendo no streaming e nas redes sociais nos últimos meses e já está entre as músicas mais ouvidas do Brasil. Com batidas eletrônicas, traços do funk e pop, o subgênero desponta com hits como “Juliet e Chapelão” e “Os Menino da Pecuária”.

Há artistas do agronejo ainda que usam auto-tune e elementos vindos do trap e do rap. Essa nova estética musical está também atrelada à defesa do agronegócio —e por isso, muitos a relacionam à chamada bancada do boi, que apoia o presidente Jair Bolsonaro (PL).

No Expresso Ilustrada desta semana, o agronejo é destrinchado. O programa explica qual a origem do estilo e o que o caracteriza. Além disso, discute polêmicas recentes envolvendo cantores da velha guarda do sertanejo e da nova geração do gênero, assim como a relação entre o agronegócio e o agronejo.

Para isso, o programa ouve a cantora Ana Castela, que está há quase um mês no topo da lista de mais ouvidas no Spotify no Brasil, com "Pipoco", e o DJ Chris no Beat, apontado como um dos criadores dessa nova sonoridade.

  • Facebook
  • Twitter
  • WhatsApp
  • Email
  • Download

In 1 playlist(s)

  1. Expresso Ilustrada

    185 clip(s)

Expresso Ilustrada

No fim das tardes de quinta-feira, sempre às 16h, você vai escutar um programa com as principais his 
Follow podcast
Recent clips
Browse 185 clip(s)